Blog

Vitamina C e probióticos X hiperglicemia

O stress oxidativo é um desequilíbrio entre oxidantes e antioxidantes e consequentemente aumento das espécies reativas de oxigênio que são os radicais livres. Os radicais livres são extremamente reativos ou seja, essas moléculas reagem loucamente com qualquer molécula inclusive moléculas de células sadias. Isso leva a danos celulares que consequentemente levam à destruição dessas células. Isso acontece por N motivos... poluição ambiental, má alimentação, excesso de gordura visceral... Em diabéticos a hiperglicemia é um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do stress oxidativo que vai levar às complicações do diabetes. Nesses pacientes, a insulina é um componente importante no trat

Utilidade Pública!

Vamos falar um pouco de números (é de levantar os cabelos!!) ... No fim dos anos 80, estimava-se que 6,5% das crianças de 6 a 11 anos eram obesas. Esse valor mais que dobrou em 2008: foi pra 16,9%. A gente já sabe do papel da obesidade (gordura visceral) no desenvolvimento da resistência à insulina e consequentemente diabetes. Pois bem. Estima-se que no fim dos anos 90, 9% dos adolescentes de 12 a 19 anos já eram diabéticos! Sério isso né? Não tanto como hoje. Esses 9% agora são 23%! 23%!!!! Quase um quarto dos adolescentes do mundo são diabéticos do tipo 2. E infelizmente, quase sempre, o diagnóstico do diabetes só é feito quando as complicações já estão presentes. É triste saber que isso p

Vitamina A X Diabetes tipo 1 (Esperança no futuro)

O diabetes tipo 1 é a doença autoimune que tem os mecanismos mais conhecidos. Essa doença se desenvolve porque o corpo passa a não reconhecer e consequentemente passa a atacar as células beta do pâncreas (as células que produzem insulina). E você já sabe, né? Não tem insulina, a glicose não entra na célula e a célula morre por falta de energia. O diabetes tipo 1 não tratado com insulina é uma doença fatal. A expansão dos tratamentos do diabetes é ainda um sonho a ser realizado pelos cientistas (e portadores da doença)! O diabetes tipo 1 sendo uma doença autoimune, alternativas que regulem a função imune são o clique que alguns dos estudiosos sobre o assunto investigam. E a vitamina A é um mi

Própolis X Diabetes

As abelhas são amigas! Além de fazer mel, elas vão lá pegam o liquidozinho e brotos das plantas e combinam com cera de abelha e enzimas transformando isso em um material resinoso que é um produto mágico: a própolis. A própolis é bem conhecida por suas propriedades biológicas: é antiviral, antibacteriana, antifúngica, diminui placas de ateroma.... Ela é rica em componentes ativos como ácidos fenólicos e flavonoides (que são antioxidantes), terpeno e cera de abelha (que são fitoterápicos), além de proteínas, açúcares, vitaminas. Sabe-se que a própolis melhora o metabolismo da glicose, tem ação antioxidante e é útil na prevenção e tratamento do diabetes já que esses pacientes produzem mais radi

Romã X Diabetes

Inflamação e stress oxidativo... 2 dos problemas encarados por pacientes portadores de diabetes do tipo II. Mas a natureza é tão perfeita que produz agentes antidiabéticos como os polifenóis que melhoram a glicemia e as alterações lipídicas. A romã é uma fruta riquíssima em polifenóis além de ser um antioxidante super poderoso! O suco da romã diminui a glicemia por aumentar a sensibilidade das células à glicemia e aumentar o número de canais que colocam a glicose dentro da célula. Diminui colesterol total e melhora o perfil lipídico por diminuir a produção de colesterol pelo fígado. Quer mais? Aí vai MAIS! Um estudo publicado esse ano mostrou que além de todas essas “maravilhesas” aí, o suco

MELATONINA E DIABETES

A síndrome metabólica que é um fator de risco pra doenças cardiovasculares é caracterizada por obesidade, hipertensão, intolerância à glicose e dislipidemia. Doenças cardiovasculares e doenças neurodegenerativas como o Alzheimer, são os maiores problemas de saúde pública no mundo! Obesidade + síndrome metabólica = BOMBA perigosíssima associada à inflamação do tecido adiposo que é uma das causas da resistência à insulina e diabetes. Inflamação = aumento dos radicais livres que levam a oxidação e morte celular. Aí que entra a linda da MELATONINA que é um hormônio produzido por uma glândula pititica no meio do cérebro durante a noite – a glândula pineal. A melatonina é um antioxidante poderosís

Vitamina D X Pressão alta? Como assim???

Ué, mas vitamina D não serve só pra prevenir osteoporose? Aí eu te respondo: NÃO ;) Depois de passar pelo fígado e pelos rins (expliquei no post passado), a vit. D vai pra circulação e precisa se ligar a receptores específicos pra ela pra realizar suas funções. É aí que fica interessante a estória! Não tem receptor de vit. D só nos ossos! Recentemente, cientistas têm encontrado receptores de vitamina D em quase todas as células do corpo, ou seja, a vitamina D é importante para quase todos os tecidos do corpo (lindo isso né? =D). Depois dessa descoberta, a carência de vit. D foi associada a várias doenças crônicas incluindo câncer, doenças cardio e cerebrovasculares, infecções, doenças autoim

Vitamina D e o SOL

A vitamina D compreende um grupo de moléculas chamadas calciferóis e tem como função clássica a regulação da absorção intestinal de cálcio, ou seja, tem papel vital no metabolismo do cálcio e na mineralização dos ossos. Exposição da pele a radiação ultravioleta é responsável por 80% do fornecimento de vit. D em humanos. Só uma pequena proporção é proveniente da dieta. Esta vitamina é encontrada naturalmente em poucos alimentos e suas principais fontes são peixes ricos em gordura, óleo de fígado de peixe e ovos. A vitamina D proveniente da produção cutânea e dos alimentos passa por sua vez pelo fígado e pelos rins pra formar o hormônio ativo, que é responsável pelas ações fisiológicas desta v

Diabetes – Tratamento

O principal objetivo do tratamento do diabetes é melhorar o controle glicêmico: Através de redução do consumo de carboidratos simples (açúcar, arroz e pão brancos – que viram a mesma coisa no fim: glicose no sangue e não tem nutriente nenhum); Incentivo da prática de atividade física: tá comprovado faz tempo que exercício aumenta a quantidade do canal transportador de glicose nas células. Assim a glicose entra na célula e não fica no sangue aumentando a glicemia; Perda de peso: gordura abdominal aumenta a resistência à insulina; Se essas medidas não forem suficientes pra controlar a glicemia, deve-se tratar com medicamentos. O que são e pra que servem? Insulina: é ela que liga na célula e fa

TERMOGÊNESE??? O que que é isso???

Oba hoje vamos entender os TERMOGÊNICOS! Mas para entender a ação dos termogênicos precisamos entender primeiro o que é termogênese. O tecido adiposo era considerado como um simples órgão de estocagem de energia até o fim dos anos 80. Agora o tecido adiposo é visto como um órgão endócrino que libera vários hormônios que podem influenciar o metabolismo. Trabalhos mais recentes nos mostraram depósitos de tecido adiposo distintos e entre eles têm se destacado o TECIDO ADIPOSO MARROM. É esse depósito de gordura marrom que é capaz de produzir calor e manter a temperatura corporal. E isso é a conhecida TERMOGÊNESE. Acreditava-se que esse tecido serviria apenas para manter a temperatura corporal em

TERMOGÊNICO QUE VÊM DO MAR...

Que o consumo de peixes e frutos do mar está associado a vários benefícios à saúde a gente já tá careca de saber... Que eles melhoram a resposta imunológica e previnem doenças infecciosas também. A novidade é que alguns bioativos encontrados nesses alimentos são TERMOGÊNICOS! Sim! Aumentam o gasto calórico! A FUCOXANTINA pertence à família dos carotenoides. É um pigmento marrom presente nas algas marinas pardas. Seu consumo afeta várias enzimas envolvidas no metabolismo das gorduras aumentando a termogênese e a liberação de energia das gorduras. Além disso essa molécula pode diminuir a produção de gorduras! Ou seja, ela trabalha em todas as frentes para evitar o acúmulo de gordura. Além diss

SUPLEMENTOS TERMOGÊNICOS

Suplementos dietéticos que contém extratos vegetais termogênicos têm sido destaque nos últimos anos por aumentar o metabolismo, diminuir a gordura corporal e auxiliar na queima gorduras. Um estudo publicado esse ano testou a eficácia de suplementos alimentares contendo cafeína, chá verde, extrato de semente de guaraná e erva mate e observou que seu consumo acelera o metabolismo em mulheres jovens e saudáveis sem efeitos colaterais sobre a frequência cardíaca e pressão sanguínea. Dica? Veja bem, este estudo avaliou os efeitos desses suplementos em mulheres jovens e saudáveis! Então antes de sair tomando pílula por aí converse com seu médico e nutricionista. O consumo de termogênicos pode ser

SISTEMA IMUNE E INTESTINO

Vamos pensar no intestino como um tubo oco por onde o bolo alimentar passa depois de ser engolido e depois de passar por uma digestão prévia no estômago. Imagina agora quanta coisa entra pela nossa boca quando nos alimentamos. Coisas boas e coisas ruins concordam? Lembra que falei que TODOS os nutrientes entram no nosso corpo pelos intestinos? Com tudo isso em mente vocês conseguem imaginar o quanto é importante ter uma barreira protetora nos intestinos? Problema resolvido, pois, nosso corpo não é bobo! A mucosa intestinal é o maior constituinte do sistema de defesa do corpo! Muitas bactérias intestinais produzem compostos antimicrobianos (bacteriocininas) e competem por nutrientes e locais

SIM, A SACAROSE É UM VENENO (PARTE III)

O consumo crescente de alimentos ultra processados nos países ocidentais é paralelo a um aumento da incidência de doenças intestinais e intolerâncias alimentares. A explicação pra isso é que o consumo de alimentos ricos em açúcar e gorduras cria um ambiente inflamatório no intestino e a uma disbiose na mucosa intestinal que leva a um aumento da presença de bactérias pró-inflamatórias e uma diminuição das bactérias protetoras. Disbiose instalada significa menos proteção e aumento da permeabilidade da mucosa intestinal que leva a inflamação. Dica? Simplificando: comer açúcar demais pode levar a problemas que vão além de obesidade e diabetes! Pode também levar a alergias e intolerâncias aliment

SIM, A SACAROSE É UM VENENO (PARTE II)

Hoje a gente vai falar um pouco de números pra ter uma ideia do que tá acontecendo no mundo. A Organização Mundial da Saúde (OMS), prevê que se a coisa continua do jeito que tá, em 2030, 57,8% da população mundial terão sobrepeso e obesidade (!!!). Nos Estados Unidos, segundo estatísticas do NIH (Instituto Nacional de Saúde) a geração de crianças que tá aí terá uma vida mais curta que a de seus pais devido a problemas relacionados a obesidade (!!!). Assustou ainda não? Então pera aí... Se você perde o controle diante de uma coisa X, continua usando mesmo sabendo que faz mal, não consegue parar mesmo tendo vontade, e depois de usar fica com sentimento de culpa.... o que isso te parece??? Pois

SIM, A SACAROSE É UM VENENO (PARTE I)

Acho que é obrigação minha como profissional da saúde alertar as pessoas sobre os problemas que o consumo excessivo de SACAROSE (o açúcar branco) pode trazer. Então essa primeira semana vai ser dedicada a isso. No artigo de hoje, cientistas compararam a exposição à sacarose a eventos traumatizantes na primeira infância. E não acho que eles estejam exagerando. Eles observaram mudanças na área cerebral que controla emoções e funções cognitivas – o hipocampo. Sabe-se que o consumo crônico de açúcar é prejudicial à estrutura e funcionamento do hipocampo e prejudica também a plasticidade sináptica e neurogênese que é a produção de novos neurônios. Isso quer dizer que o açúcar pode prejudicar a sa

RESISTÊNCIA À INSULINA + OBESIDADE = SÍNDROME METABÓLICA

No texto passado expliquei a vocês como acontece a resistência à insulina (viu não? Vai lá ver). Quando o corpo não consegue entender a insulina, a glicose não entra nas células e fica na circulação. Mas aí a glicose tem que sair de lá, porque sangue não é lugar da glicose ficar batendo perna. E aí o que acontece? Pra onde essa glicose vai pra sair da circulação? Ela vai pro tecido adiposo (principalmente pra região abdominal). E tem mais. A glicose quando não é entendida, ela não é entendida no cérebro também não. O cérebro é o órgão que controla o consumo alimentar. Se ele não consegue perceber a presença de glicose no sangue, é como se você não tivesse comido. E o que ele faz? Manda a ord

Que namorado o que.... Quem tem intestino saudável tem tudo!

Fato: você nunca está sozinho no mundo! No seu intestino tem aproximadamente 100 trilhões de bactérias que se preocupam com seu bem-estar! Sua microbiota intestinal te ama! Esse povo que te ama (sua microbiota) chega a pesar 1 kg (!). Uma quantidade tão importante de células “estrangeiras” não é em vão! A microbiota intestinal desempenha um papel simbiótico: elas trocam casa, comida e proteção pela garantia de funções metabólicas essenciais pra você! Elas estão envolvidas na transformação de polissacarídeos e oligossacarídeos em ácidos graxos de cadeia curta. Esses ácidos graxos promovem impermeabilidade intestinal (impedindo que bactérias do mal infiltrem e causem danos à mucosa). Além diss

POR QUE EVITAR O CONSUMO DE ADOÇANTES ARTIFICIAIS?

Eles são aprovados pela FDA e pela Anvisa e há quem diga que seu consumo não faz mal (já que não têm calorias nem alteram a glicemia). Mas eu te digo que tem estudos (não poucos) que mostram que seu consumo NÃO traz lá grandes benefícios pra saúde. Quer mais? Vários outros que dizem que o seu consumo está associado a ganho de peso, síndrome metabólica e diabetes do tipo II. Te explico: Hipótese número 1: O sabor doce sentido na língua desencadeia respostas cefálicas. O consumo de adoçantes era entendido no cérebro do ratinho como calorias chegando. Esses ratinhos liberavam insulina (mas não tinha açúcar pra botar pra dentro da célula). Esse monte de insulina no sangue é interpretado como

ATIVIDADE FÍSICA MELHORA A RESISTÊNCIA À INSULINA!

Um dos maiores objetivos do tratamento da obesidade é diminuir a gordura e melhorar a resistência à insulina. A gordura (principalmente no abdômen) é a coisa que mais aumenta a resistência à insulina do universo!!! Não tem muito tempo, colocaram os músculos na jogada. Viram que quando o ratinho fazia exercício, aumentava a quantidade do canal transportador de glicose (falei dele lá no texto da insulina), aí mais glicose entra na célula e menos glicose fica zanzando no sague. Vou te dar um exemplo. Fizeram um estudo no Japão com mulheres obesas que seguiram um protocolo de perda de peso com ou sem exercícios físicos (cês acreditam? Nem o Japão tá imune à obesidade). Resumindo, todas emagrecer

Por interesse
Por data
Me segue ;)
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Dieta Científica

Fisiologia Humana

ROSANA DANTAS

715.685.651-00

Rua Filadelfo Cruvinel 89

Rio Verde - Goiás - Brasil

+33 7 66 02 69 49

contato@dietacientifica.com

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2018 by Rosana Dantas.