Blog

16 Aug 2018

Eita que o mundo acordou entendendo melhor como acontece a criação de novas células de gordura e consequentemente como inibir a produção de novas células de gordura...

De onde surge a célula de gordura, afinal? E não é que descobriram células TRONCO precursoras  e reguladoras de tecido adiposo perto do sistema circulatório do sistema adiposo subcutâneo? Ou seja, identificaram células que dão origem e que regulam o amadurecimento (ou não) dessas células. E mais! Descobriram que essas células são funcionais em nós bichos humanos.

Um melhor entendimento de como as coisas acontecem no nosso corpo são de extrema importância pra combater problemas como a obesidade e suas comorbidades.

Brigada, Ciência, por mais uma graça alcançada!

Tô digerindo esse artigo ainda. Em breve trago mais infos! Quem quiser ler na íntegra, ali embaixo tá a referência.

Beijo procê!

Fonte: Schwalie. A stromal cell population that inhibits adipogenesis in mammalian fat depots. Nature (2018)

18 Jul 2018

Já te contei que doenças inflamatórias intestinais estão fortemente ligadas a problemas psicológicos como ansiedade, depressão, né? Hoje vou te PASSAR MEDO e ainda aumentar a história como toda boa fofoqueira! Sim, eu sou fofoqueira... te conto um monte de história! Mas sou fofoqueira do bem! Te dou fofocas de fontes seguras (de verdade! Juro!).

Ao contrário da inflamação! Fofoqueira do mal que estraga relações!

Além de ansiedade e depressão, inflamação intestinal está relacionada também a comprometimentos cognitivos (problemas de memória e aprendizado). Ressonâncias magnéticas funcionais mostram que pessoas deprimidas e com o intestino inflamado têm diminuição da atividade cerebral em várias regiões do córtex. Tem mais! Áreas cerebrais relacionadas a dor e redes cerebrais relacionadas à emoção são excessivamente ativas nessas pessoas...

Mais problemas físicos que podem aparecer quando o intestino tá inflamado? Toma! Dor pélvica crônica, cistite, fadiga crônica e fibromialgia (quase a mús...

9 Apr 2018

Mais sobre mindfulness

O termo mindfulness, atenção plena em português, é a combinação de 2 palavras da psicologia budista: atenção + compreensão clara = prestar atenção com paciência e observar e se importar com o que está acontecendo. E isso pode ser cultivado, por exemplo, pela meditação. No entanto podemos encontrar formas de mindfulness e meditação em quase todas as religiões do mundo como yoga na religião indu, meditação kabbalah no judaismo, oração contemplativa no cristianismo e meditação sufi no islamismo.

7 atitudes para desenvolver mindfulness no dia-a-dia:

Não julgue: olhe pra dentro de você e observe como você está sem se julgar. Seja um testemunho imparcial das suas próprias experiências sem conclusões prematuras;

Tenha paciência: deixar as coisas se desenvolverem em seu próprio tempo. Eu sei, é dificil, é um exercício diário, mas não desista;

Mente do aprendiz: ser aberti a novas possibilidades e não ficar preso em uma rotina de sua própria experiência. Observe o mu...

14 Mar 2018

Já te contei que a prática de mindfulness pode te ajudar a controlar seu peso e compulsão alimentar né? (Viu não? Vai lá ver os posts anteriores 😉) Tem mais!

A atenção plena pode ajudar no tratamento da ansiedade, depressão, stress, oscilações de humor, outras psicopatologias e até da dor crônica através da melhora da regulação emocional. Mas como que é isso lá no seu cérebro?

Vários estudos têm demonstrado através de neuroimagem os processos neurológicos da atenção plena. Vários mecanismos cerebrais interconectados comprovam a efetividade dessa prática. O córtex, especificamente uma região chamada cingulado, associa atenção, motivação e controle dos movimentos. Se durante a meditação, um evento mental como pensamento ou memória interfere é essa parte do córtex que vai falar pras outras partes do cérebro: espera aí um pouco, tô concentrado aqui em outra coisa (meditação)....fica aí tranquilo que eu volto a pensar em vocês mais tarde. E volta pro foco. E essa parte do cérebro, litera...

13 Mar 2018

Você tá ansiosi e pensa... “vou comer um bombom pra aliviar” e come 27....
(raiva, vergonha, baixa auto-estima)
Você tá ansiosi e pensa... “vou comer um bombom pra aliviar” e come 27....
(raiva, vergonha, baixa auto-estima)
Ciclo vicioso 😐

Mindful eating tem se mostrado uma técnica QUE FUNCIONA pra controlar esse tipo de comportamento compulsivo. Essa revisão de literatura que tô usando como referência nos últimos dias comprova isso! Todos os estudos citados mostraram que quando a estratégia de mindful eating foi usada resultou em perda de peso e ainda viu-se melhora na consciência corporal, melhora da sintonia entre fome e saciedade, diminuição da compulsão alimentar, melhora na digestão e mais... houve uma melhora no ato de comer como recompensa.

Não existe milagre, mas isso não quer dizer que não tenha saída! Mudanças verdadeiras tomam tempo. Quando a gente vai aprendrer uma coisa nova leva tempo, né? Aprender a tocar um instrumento, aprender a cozinhar, aprender a andar de patin...

13 Mar 2018

Sabia que pessoas que que praticam mindfulness têm mais auto-compaixão, auto regulação, auto controle e mais estabilidade emocional?

E que tudo isso melhora seu estado de espírito, se reflete nas suas relações e ainda pode ajudar na sua relação com a comida?

A atenção plena nos leva a mudanças de padrões de comportamentais que nos levam a ser mais saudáveis e manter ou mesmo perder peso quando necessário. Tem vááááários artigos mostrando a eficácia dessa prática no controle do desespero por certos tipos de comida (cravings), tamanho das porções e peso corporal.

O mindful eating que as pessoas têm falado por aí se refere à atitude de manter a consciência NÃO JULGADORA de sensações físicas e emocionais enquanto comemos ou aos ambientes relacionados com a comida. Mindful eating aumenta nossa sensibilidade a sinais físicos de fome e saciedade, velocidade em que comemos, o ambiente, as características da comida...

O que isso quer dizer basicamente? Ao comer pare, coloque seu foco nisso,...

9 Mar 2018

Quem aí já emagreceu e engordou de novo pelo menos 3 vezes na vida? Eu umas 15....

Quando falamos em perder peso já pensamos logo em redução de calorias e aumento da atividade física, tomar remédio, fazer cirurgia bariátrica...

Funciona? Funciona!

É sustentável? Num é né, gente!

Se fosse NINGUÉM passaria pelo efeito sanfona!

Não sei bem das estatísticas mas acho que perto de 100% das pessoas que já emagreceram engordaram de novo (pelo menos uma vez)... minha deusa que missão impossível é essa?

Ilusão, influencia de revistas, televisão. O que a gente vê por aí, nem verdade é. E o pior é que as pessoas querem a todo custo ser que nem a moça da televisão. Vamos pensar melhor nisso?

De cara já te falo que aceitar seu corpo como ele é é o início do caminho que vai te mostrar o que é importante de verdade! O mindfulness, a atenção plena é uma prática que se refere a HABILIDADE DE APRENDIZADO de estar aberto, aceitando e estando presente no momento atual, no agora. É estar presente e C...

15 Dec 2017

Texto de hoje é ponto contra o pão em especial pras pessoas que são sensíveis ao trigo, ou seja, relatam mal estar após ingestão de pão e similares que não apresentam diagnóstico sorológico ou histológico.

A doença celíaca é uma doença (alergia) relacionada ao glúten do trigo, centeio e cevada que gera uma inflamação (resposta imune que gera anticorpos específicos) e afeta as células do intestino delgado (quem quiser que eu explique melhor o que acontece, comenta aí embaixo). Pensa na complicação que é essa doença... intestino delgado é, além de uma barreira protetora, a porta de entrada de tudo que a gente ingere. A pessoa tem diarreias, cólicas fortíssimas, perde peso, pode ter doenças ósseas, anemia... Nessas pessoas exames de sangue mostram a presença de vários anticorpos uns mais e outros menos específicos pra essa patologia.

Só aumento de pum não te transforma em intolerante, tá? Quando eu era criança eu falava: quem não peida não é humano! Tão vulgarizando muito o termo intole...

25 Oct 2016

Sabia que, além do tecido adiposo, o fígado produz células de gordura a partir de glicose?

E que dietas muito ricas em carboidratos podem aumentar a glicose sanguínea e consequentemente a concentração de insulina, que aumenta a produção de gordura pelo fígado e consequentemente sua acumulação nesse órgão?

E que o acúmulo de gordura no fígado leva à resistência à insulina e aumenta a concentração de triglicerídios no sangue? Vixxeeee...

Mas que uma dieta com redução de calorias pode evitar toda essa tragédia?

Pois é...

Um estudo publicado em junho desse ano comparou o efeito de dietas com restrição calórica em ratinhos por 16 semanas. A hipótese era que uma redução na quantidade de calorias associada a uma diminuição de carboidratos na dieta diminuiria a glicose sanguínea e consequentemente a concentração de insulina (e consequentemente a produção de gordura pelo fígado).

Os resultados?

- Redução de triglicerídeos hepáticos;

- Melhora no controle glicêmico;

Dica? No estudo usaram 35% de proteína...

14 Oct 2016

Lá atrás falei pra você que no nosso corpo tem um relógio mestre no cérebro que é sincronizado pelo ciclo claro-escuro do dia. E que outras células do corpo têm relógios também. Esses relógios em sincronia determinam ritmos de acontecimentos dentro das células. Existem processos fisiológicos que acontecem durante o dia e outros durante a noite... tudo muito bem orquestrado pelos relógios do corpo.

Como não poderia deixar de ser, as variações diárias entre sono/jejum e vigília/alimentação também são sincronizadas por esse relógio mestre.

Pois bem.

Existem relógios que como não percebem a luz do dia, são sincronizados também de outras formas. Por exemplo, as células do fígado e tecido adiposo que são sincronizadas pela alimentação, ou seja, pelas horas habituais de se alimentar. Hormônios envolvidos no metabolismo apresentam oscilações durante as 24 horas do dia.

Como você pode imaginar, o hábito de beliscar toda hora e comer no meio da noite desregula todo esse processo...

A restrição de cal...

Please reload

Por interesse
Por data
Please reload

Me segue ;)
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon