Blog

18 Jul 2016

Em pacientes portadores de Alzheimer a qualidade do sono está diretamente associada à qualidade de vida. E isso é um fardo pesado pros pacientes e cuidadores. Esses problemas do sono são multifatoriais como ambiente, comportamento, tratamentos, comorbidades etc. Uma avaliação do sono é essencial pra definir o tratamento que pode ser ou não ser farmacológico.

O fato de dormir bem ou não influencia diretamente a evolução da doença. Distúrbios do sono estão associados a prejuízo cognitivos e de memória.

A melatonina regula os ritmos do corpo, elimina radicais livres, melhora a imunidade. No caso específico do Alzheimer ela tem ação antiamiloidogênica. Pera, assusta não! No Alzheimer os neurônios começam a tem depósito de uma proteína que se chama amiloide beta. É como se o neurônio fosse invadido por micro pedrinhas e acaba morrendo. A melatonina reduz a quantidade de amiloide beta e evita sua agregação nos neurônios.

Além disso, sabe-se que os níveis de melatonina caem já no estágio pré-clí...

15 Jul 2016

Para estudar os efeitos da melatonina em humanos, uma metodologia normalmente usada é a exposição à luz durante a noite. Lembra que expliquei antes que se tem luz não tem produção de melatonina?

O início do desenvolvimento do câncer é multifatorial e extremamente complexo. Sabemos apenas uma parte do que acontece...

Explicando alguns acontecimentos que levam ao desenvolvimento do câncer e sua relação com a melatonina...

- A iniciação, promoção e progressão do câncer, incluindo invasão e metástase são moduladas temporalmente, ou seja, o ciclo claro escuro define o metabolismo dessas células.

- Um rompimento desses ritmos é uma das causas do desenvolvimento do câncer;

- Melatonina realiza suas funções anticarcinogênicas quando se liga a seu receptor nas células.

- A melatonina reprime o metabolismo de células tumorais e sinalização dessas células que são críticas pra sua proliferação, ou seja, inibe o crescimento e metástase do tumor.

- A melatonina tem efeito apoptótico sobre células tumorais,...

13 Jul 2016

Sempre falo em dano oxidativo, stress oxidativo, inflamação e como isso pode levar a morte celular. Hoje vou ligar uma coisa na outra e tudo vai fazer mais sentido! Vocês vão entender direitinho o que é isso ;)

Pra ficar mais fácil vou te pedir pra pensar numa única celulazinha do seu corpo.

Sobre stress oxidativo...

Ué, mas oxigênio não é bom? Não precisamos de oxigênio pra viver?

Sim! O oxigênio é necessário pra transformações metabólicas e produção de energia na célula. E depois de ser usado, o oxigênio se transforma em radical livre. Em condições normais esses radicais livres estão sendo produzidos o tempo todo. Mas quando esses radicais livres não são eliminados por antioxidantes ou são produzidos em excesso aí sim veremos stress oxidativo. Isso leva a danos nas proteínas, lipídios, organelas e DNA da célula.

Danos ao DNA levam a mutação e isso implica na iniciação/promoção do câncer e multiplicação de células defeituosas (cancerígenas).

Mas o que isso tem a ver com inflamação?

Inflamaçã...

11 Jul 2016

Além de sincronizadora e antioxidante a melatonina tem funções no trato gastrointestinal:

- Ela ajuda na motilidade gastrointestinal;

- Protege a mucosa gástrica de danos causados pelo stress (gastrites e úlceras);

- Tem atividade antioxidante importante e restaura artérias da mucosa;

- Pode prevenir infecções intestinais;

- Estimula o sistema imune;

- Pode melhorar a síndrome do intestino irritável;

Dicas? A melatonina tem várias funções importantes no trato gastrointestinal também. Ela é sintetizada pra uso no local e tem ação protetora nas mucosas. Legal né? :D

Fonte: Mukherjee et a. Gut melatonin in vertebrates: chronobiology and physiology. Frontiers in Endocrinology (2015).

8 Jul 2016

  1. Sabia que o triptofano (aminoácido essencial) é precursor da serotonina e consequentemente da melatonina? Se um aminoácido é essencial quer dizer que nosso corpo não é capaz de produzi-lo, então precisamos pôr pra dentro pela alimentação.

  2. Distúrbios dos ritmos da melatonina (cronoruptura) está associada a vários problemas de saúde como doenças neurodegenerativas, doenças do coração, hipertensão e câncer. A prevalência de câncer de mama e de próstata é maior em trabalhadores noturnos que ficam expostos à luz durante a noite (momento em que a melatonina é produzida);

  3. A pineal não é a maior produtora de melatonina. Os intestinos e a pele são os top produtores;

  4. A produção de melatonina em outros tecidos não é regulada pelo ciclo claro/escuro.

  5. Então a melatonina produzida na pineal serve como uma molécula sinalizadora que explica pras suas células se é dia ou noite sincronizando eventos fisiológicos;

  6. A melatonina é capaz de neutralizar vários radicais livres de...

5 Jul 2016

Pois é... as plantas também produzem melatonina! Já dosaram melatonina em muitas plantas e viram que raízes, sementes, folhas, bulbos e flores são ricas em melatonina.

Alguns vegetais ricos em melatonina: cardamomo, linhaça, alfafa, girassol, mostarda, frutas vermelhas, amêndoas, arroz, aveia, milho...

A produção de melatonina nas plantas é induzida quando a planta sofre algum tipo de stress como temperaturas extremas, toxinas, seca e infecções por fungos, ou seja, ela é produzida pra combater radicais livres nas plantas (o que acontece na gente também).

Mas se a gente consome vegetais ricos em melatonina, ela tem algum efeito na nossa fisiologia?

Supõe-se que a melatonina aumente a capacidade fitoterápica dos vegetais... porém até 2015 essa capacidade ainda não tinha sido explorada... aguardemos cenas dos próximos capítulo...

Mas todo mundo tá careca de saber que o consumo de vegetais é importante pra manutenção da saúde...

Em animais como em plantas, a melatonina é uma molécula extremament...

4 Jul 2016

A enxaqueca é uma condição neurológica crônica e debilitante. Ela afeta de entre 12 e 20% da população mundial!

Os tratamentos preventivos diminuem a quantidade e severidade dos ataques e melhoram a qualidade de vida de quem sofre dessa condição.

Os tratamentos são eficazes, mas têm efeitos colaterais. Um estudo publicado esse ano comparou os efeitos da amitriptilina (medicamento usado no tratamento convencional), melatonina e placebo.

Os resultados?

- A melatonina foi melhor tolerada que a amitriptilina;

- Pacientes que tomaram amitriptilina ganharam peso;

- Os que tomaram melatonina perderam peso;

- A melatonina é mais efetiva e melhor que a amitriptilina na prevenção dos ataques.

Dicas? A amitriptilina é um antidepressivo e tem efeitos colaterais como boca seca, sonolência, tontura, alteração do paladar, ganho de peso, aumento do apetite, prisão de ventre, etc, etc.... aquela listinha básica e sem fim das bulas....

Você sofre de enxaqueca, conhece alguém que sofra? Melatonina pode ser uma aj...

1 Jul 2016

1.   A melatonina é um hormônio produzido pela glândula pineal que fica lá bem no meio do cérebro da gente.

2.   Ela é produzida somente à noite, no escuro! Se tem luz não tem melatonina porque a via que vai levar à produção de melatonina começa na retina. Se a retina percebe luz, a produção de melatonina não acontece! Mas isso é só uma parte da história....

3.   Então, se você faz uma dosagem de melatonina no seu sangue no meio da noite, normalmente a melatonina vai estar em seu pico. Se fizer no meio do dia, não tem nadica de nada.

4.   Tem um relógio (sério, tem um relógio!!!) no cérebro que tem um ciclo de 24 horas. Além da luz, esse relógio vai explicar lá pra pineal que é noite e que ela pode começar a trabalhar. Por isso melatonina não é produzida durante o dia, mesmo se você dorme no escuro.

5.   Esse relógio que tá lá no cérebro é o chefe e tem um monte de relógios subalternos no corpo todo! E a melatonina ajusta todos esses relógios!

6.   Pra fazer melaton...

Please reload

Por interesse
Por data
Please reload

Me segue ;)
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon