Blog

28 May 2018

“Oxxiiii endoidou de vez a muié”...

Pera, vou explicar!

O ferro heme, o ferro que nosso corpo entende, absorve e usa, tá na mioglobina e hemoglobina do músculo que é a parte comestível dos animais. A absorção desse ferro acontece na parte mais alta do intestino delgado. Se a pessoa come muita carne, esse excesso de ferro não é todo absorvido lá no começo do intestino e continua a vagar... se a pessoa não come fibras esse ferro vai ficar lá onde não deve por mais tempo. Então a mucosa do intestino grosso de comedores regulares de carne que não comem fibras pode ficar exposta ao ferro por períodos prolongados. Esse ferro tem efeito citotóxico, ou seja, é nocivo pras coitadas das células. Sua presença onde não deve leva à formação de radicais livres que se ligam no ferro e formam um bicho chamado fator heme citotóxico que toca o terror nos enterócitos! Leva a morte celular. Aí as células querem colocar outras células no lugar dessas que morreram. E o ferro heme/fator heme citotóxico continu...

25 May 2018

Apesar de toda evolução no diagnóstico de câncer intestinal esse continua sendo um dos tipos de câncer mais comuns e que mais matam.

Eita... essa história de morrer pela boca é uma das coisas mais verdadeiras que existem mesmo... muitos (MUITOS) estudos sugerem que o consumo excessivo de carne aumentam o risco de ter esse tipo de câncer. E adivinha? Uma dieta rica em vegetais vai na contracorrente dessa afirmação tendo efeito protetor. Eu poderia acabar esse texto por aqui, mas te conto mais, senão não sou eu, né!? A fermentação de carboidratos complexos (fibras) pelas bactérias amigas, maravilhosas leva à produção de ácidos graxos de cadeia curta que são tipo uma comida muito maravilhosa pras células dos intestinos (os enterócitos). Esses ácidos graxos nanicos melhoram o metabolismo celular e tem ação anti-inflamatória e anti-neoplásica e deixam a microbiota mais estável.

Quando a carne é digerida e chega no intestino suas proteínas são fermentadas e a gordura quebrada. Essa ferment...

23 May 2018

Não fui eu quem inventou essa associação. Ela existe há anossss!!!

E esse não foi o primeiro nem será o último artigo que leio falando disso.

Fatos: O processamento da carne (curar, defumar) resulta na formação de químicos carcinogênicos. Cozinhar aumenta a digestibilidade e a palatabilidade da carne, mas pode produzir compostos suspeitos de causar câncer. Cocção a altas temperaturas como fritar, grelhar ou assar geralmente produzem mais desses compostos (aminas aromáticas heterocíclicas, hidrocarbonos aromáticos policíclicos). Aprendi isso na faculdade há mais de 15 anos atrás na aula de Bromatologia da Prof. Miriam Epstein. Nunca esqueci o choque tive nesse dia aí...

Em 2015 teve um encontro de um monte de cientistas de vários países diferentes e eles analisaram 800 estudos epidemiológicos que investigaram a associação entre o consumo de carne processada e o câncer. Eles chegaram à conclusão de que existem evidências suficientes para afirmar que o consumo de carnes processadas pod...

23 May 2018

Essa história de veganos que são desnutridos (mas, e as proteínas???), anêmicos (mas e a B12, mas e o ferro???) tem caído por terra a cada dia! Informação tá aí na nossa cara e se a gente souber procurar encontra resposta de verdade pra um monte de dúvidas.

E isso tão tão válido que existem até atletas de alta performance veganos!

É claro que vários requisitos têm que ser observados como suficiência de energia e proteínas, adequação de B12, ferro, zinco, cálcio, vitamina D, alguns aminoácidos específicos, etc...Mas com condutas nutricionais e suplementação adequadas isso é perfeitamente possível!

Não, não é verdade que só frango e batata doce dão massa magra! Pelamorrrr das deusas, gente! Com tanto alimento aí no mundo.... não seja pobre de espírito!

De novo, repentindo, pela milhonésima vez! Cada corpo é um, tem um DNA diferente, uma história diferente, rotina diferente... o que funciona pra sua colega não necessariamente vai funcionar pra você! Não se pode colocar todas as pessoa...

23 May 2018

Já te contei que B12 é praticamente inexistente em vegetais né?

Ela tem que ser suplementada ou obtida através de alimentos fortificados.

Te conto mais. O uso de suplementos multivitamínicos pode ser inefetivo e pode até prejudicar a suplementação de B12 porque ela pode ser degradada na presença de vitamina C e zinco.

E a coisa fica mais complicada quando mulheres engravidam. Mamães vegetarianas e veganas atenção porque a deficiência dessa vitamina pode causar baixo peso ao nascer, problemas no neurodesenvolvimento e possiveis consequencias na infância!

Se vc não come carne e quer ou está grávida, a avaliação de B12 é super importante. O problema é que não existe um método de ouro pra suplementação de B12. Cada um é um!

A suplementação oral se mostra tão eficiente quando a suplementação intramuscular. Mas, digo mais uma vez, cada um é um e a escolha do método de suplementação deve ser avaliado individualmente!

Beijo procê!

Fonte: Snow. Vegetarian Diet During Pregnancy: Making Su...

14 May 2018

Lá na parte final do intestino delgado (íleo) tem um receptor chamado cubam (e música cubana rolando aqui, coincidência...amooo! NU Palomita). O cubam abre uma portinha pra ela entrar no enterócito (a célula intestinal) e de lá ela é transportada pro sangue. Ela dá a mão pra transcobalamina (transportador) pra ir pras células do corpo. A anemia megaloblástica (quando os glóbulos vermelhor são grandões e disfuncionais) é causada por uma mutação no cubam que resulta em má absorção intestinal de B12, anemia e deficiência na reabsorção renal de proteínas.

Essa anemia é muito rara mais é massa saber o porquê das coisas né? 😍😍

14 May 2018

NÃO NÉ, GENTE! Ainda fosse só o consumo de alimentos ricos em B12 que determinasse isso...

Mas não é... de novo te mostro que quando se trata de Fisiologia o buraco é sempre mais embaixo (vide a figurinha de hoje). Cada setinha lá é uma etapa que faz parte da boa ingestão, absorção e utilização dessa vitamina! Ou seja, se uma dessas setinhas (ou enzima relacionada às setinhas) tem algum problema a vitamina B12 vai ser menos ingerida, absorvida e utilizada.

Algumas condições (além da baixa ingestão) que podem levar à deficiência de vitamina B12:

✔ Doenças ou cirurgias gástricas como retirada ou redução do estômago nas cirurgias bariátricas que podem diminuir a formação de fator intrínseco. E sem fator intríseco a vitmaina B12 vai sair no cocô porque ela precisa pegar na mão dele pra ser absorvida no intestino;

✔ Uso (a longo prazo) de medicamentos que alterem a secreção gástrica ácida ou que alterem seu pH porque se não tem acidez suficiente a vitamina B12 não é separada do bolo ali...

14 May 2018

Já te contei que precisa de bactérias pra grudar B12 na vaca no peixe e nas plantas né? E em que plantas tem mais vitamina B12 grudada?

Já vou adiantando que é a maior complicação pra conseguir isolar B12 das amostras vegetais, sério! É um trampo do cão!

Alguns cogumelos selvagens comestíveis como o trompete da morte e canário dourado têm bastante B12 (100g do peso seco pode ultrapassar a recomendação de B12 diária, mas acho que deve ser dificil encontrar esses cogumeols no Brasil). Outros cogumelos selvagens têm só traços ou nada. A espirulina tem bastante B12, mas segundo esse artigo é um análogo biologicamente inativo na gente. Outras algas tipo nori também têm bastante mas da análoga. Alguns alimentos fementados como tempeh, sauerkraut (chucrute) podem conter bastante B12 já que têm bactérias lá dentro fermentado.

Esse estudo analisou algumas outras plantinhas pra ver se tinha B12. Acharam bastante em Hippophae rhamnoides (espinheiro amarelo) que é uma frutinha do atlântico euro...

14 May 2018

Sabia que tem várias formas de B12 no mundo? E que algumas NÃO são metabolicamente ativas (quer dizer que sai do jeito que entrou no nosso corpo, não interage com nada)?

A cianocobalamina é a forma mais estável e é ela que é usada na indústria farmacêutica, pra fazer suplementos e fortificar comidas industrializadas. A gente ingere ela assim mas ela tem que ser convertida em metilcobalamina pelas células do intestino (por isso pessoas que tem doenças inflamatórias intestinais são grupo de risco pra carência de B12).

Mas por que essa vitamina é tão essencial e imprescindível? Simplesmente porque ela promove o metabolismo normal de gorduras e carboidratos, é essencial na formação das células vermelhas do sangue, pro funcionamento normal do sistema nervoso e pra fechar, se não tem B12, não tem formação de DNA, ou seja não tem células novas em lugar nenhum do seu corpo!

Quer saber as melhores fontes vegetais de B12 da boa? Tem post amanhã, não perde ;)

Lembrou de alguém lendo isso? Mar...

14 May 2018

Ué... quer dizer que a vaca não produz B12?

Uai, então como ela é fonte de B12?

Porque ela tem bactérias amigas no seus estômagos! Essas bactérias têm uma relação simbiótica com a vaca, ou seja, elas se fazem bem umas às outras! E nós não temos essas bactérias nos nossos estômagos, então não produzimos B12.

Em ambientes aquáticos os fitoplânctons adquirem B12 através de uma relação simbiótica com bactérias tb. Esses fitoplanctons serão comida pra larvas de peixes e é assim que a B12 vai se acumular na carne dos peixes. Mas viram que tem uma fase intermediária? Bactérias-fitoplânctons-peixe. Isso explica porque tem menos B12 no peixe que na vaca.

(guarda essa história do fitoplâncton que tem surpresa nos próximos posts)

As plantas comestíveis e cogumelos raramente têm uma quantidade considerável de B12 porque existem concomitantemente muitas bactérias no solo e no ar. Então é como se tivesse uma competição de muitas bactérias com as bactérias que produzem B12. Isso explica porque v...

Please reload

Por interesse
Por data
Please reload

Me segue ;)
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Estrasburgo - França

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2023 by Alison Knight. Proudly created with Wix.com