Blog

25 Jan 2019

In English below

Olfato não se restringe a sentir cheiros...

Sem olfato, seu paladar se resume a uma experiência medíocre (acho que todo mundo já comeu com gripe, nariz entupido...). O olfato tem uma relação profunda com experiencias afetivas em resposta à alimentação (vou falar disso no vídeo da semana que vem no Youtube). Quem aí lembra da avó quando sente o cheiro de bolo assando? Informações olfativas são processadas em regiões cerebrais relacionadas à cognição e afetividade.

Em condições metabólicas (e principalmente emocionais) alteradas como anorexia e bulimia, a percepção olfatória é afetada (e tem canabinóides envolvidos (de novo)).

Olfato se relaciona intimamente com o sistema canabinóide também. Ai que novidade... já te contei que esse sistema e comportamento alimentar estão inabalavelmente juntos e misturados. Entre outros mecanismos os canabinóides fazem a gente sentir o cheiro mais intensamente, faz o cheiro ser mais cheiroso, hahhahah. Brigada canabinóides!

Beijo procê e bom...

23 Jan 2019

Tô historiadora hoje! Lá em 1988 descobriram que a gente tinha receptores pra canabinóides. Uai, se tem receptor então provavelmente a gente produz dentro da gente! Logo, logo isolaram o primeiro endocanabinóide (endo = dentro)! Daí surgiram mais um monte! E que mediadores lipídicos também se ligavam a esses receptores. E encontraram esses mediadores ligantes em receptores canabinóides em tudo que era lugar (coração, pulmão, próstata, fígado, ovários, testículos, células do sistema imune), inclusive no cérebro (córtex, hipocampo, cerebelo, gânglio basal, medula). E começaram a relacionar (os hoje bem conhecidos) efeitos dos canabinóides na cognição, memória, controle motor e mais recentemente no comportamento alimentar (encontraram receptores no hipotálamo) :)

Mais infos nos próximos posts. Não perde!

Beijo procê!

doi:10.1093/chemse/bjy068

A bit of history today! Back in 1988, the cannabinoid receptors were found in us, human beings. So, if there are receptors, we can probably produce cann...

23 Jan 2019

In English below!

Mais sobre canabinóides. Uma ideia do todo.

Os endocanabinóides (várias moléculas diferentes) tem efeitos centrais e periféricos no controle do consumo alimentar e manutenção do peso corporal. Percepção de aromas? Tem endocanabinóide envolvido! A percepção e resposta olfatória? Tem endocanabinóide envolvido! Efeitos cognitivos e emocionais em resposta ao gosto e cheiro (memória, prazer, recompensa, preferências)? Tem endocanabinóide envolvido! Fome e saciedade? Adivinha?

Sensibilidade à insulina, captação de glicose, lipogênese/lipólise (formação e quebra de moléculas de gordura), síntese de mitocôndrias, termogênese, liberação de hormônios? Tem endocanabinóide envolvido!

Imaginou a complexidade desse sistema? Muito massa né? E ainda tem muito pra explorar...

Esse mundo de possibilidades é lindo demais da conta!

Beijo procê!

doi:10.1093/chemse/bjy068

More about cannabinoids. I’ll give you a picture…

Endocannabinoids (many different molecules) have central and peripheral effect...

20 Jan 2019

Meu povo e minha pova! Pausa no meu assunto preferido (cérebro e comportamento alimentar) pra falar um pouco do meu assunto preferido (cocô). Verdade, não sei qual deles eu amo mais!

Na newsletter da JAMA essa semana veio esse artigo novinho (foi publicado no dia 15) falando de transplante de microbiota fecal (TMF). Me dá até tremedeira (de emoção) quando eu vejo esses trem. Povo tem falado muito de TMF nos ultimos tempos porque o TMF é melhor que suplemento x, y, z da farmácia (que são bem, mas beeeem genéricos). Por que é melhor? Porque simplesmente trata cada pessoa como ela deve ser tratada! Como um indivíduo único com necessidades únicas, com genética única, hábitos únicos, fisiologia única! Graçasssss o povo tá deixando de tratar o individuo como uma população inteira (quer dizer, eu espero isso do fundo do meu coração).

Enfim... colite ulcerativa é uma doença do cão... quem tem sofre muito! E o povo tá tentando achar uma saída presse povo!

Os microorganismo aneróbios (que morrem se...

18 Jan 2019

Pois é...não só receptores, mas um sistema endocanabinóide bem complexo que regula várias funções no seu corpo, inclusive seu comportamento alimentar! Inclusive esse sistema é um dos atores principais no controle do complexo circuito neural que regula seu balanço energético. Esses canabinóides são produzidos dentro do nosso corpo e tem ações na formação de novas células de gordura, na liberação de insulina. Tem um endocanabinóide que tem níveis aumentados agudamente em ocasiões de privação alimentar. Tipo, eles tentam te salvar a vida, porque ficar sem comer é MUITO CRÍTICO PRO SEU CORPO! E tem mais! Esses canabinóides estão também envolvidos em processos de reforço alimentar, recompensa e TAMBÉM influenciam preferências alimentares!

Quer saber mais sobre esses canabinóides endógenos? Deixa aí nos comentários que continuo a te contar mais sobre eles nos próximos posts!

Um fim de semana bem lindo e beijo procê!

Yes, ma’am... there are cannabinoids receptors AND a complex endocannabinoid sy...

16 Jan 2019

In English below ;)

Oiee! No último post te contei sobre o hipotálamo, lembra? A regiãozinha piquititica lá na base do nosso cérebro que sente os níveis de hormônios e estoques energéticos do sangue pra saber se é hora de comer ou hora de parar de comer. Pois bem. Lá dentro do hipotálamo tem vários outros núcleos! E esses núcleos secretam várias moléculas responsáveis por controlar nossa temperatura corporal, sono/vigília, cansaço, fome e sede. E essas regiões meio que trabalham em dupla. A região mais da base (o núcleo arqueado) tem o grupo come e o grupo pára de comer. E cada um trabalha na sua hora, de acordo com as informações trazidas pelo sangue lá pra essa região. Já faz um tempo que você comeu pela última vez. Caiu insulina e leptina! A região que tem os neurônios que estimulam o apetite vão trabalhar enquanto a região que tem neurônios da saciedade descansam. Você comeu. Subiu os níveis de insulina e leptina! O grupo da saciedade vai trabalhar agora e deixar o grupo da fome des...

14 Jan 2019

In English below

Seu cérebro controla o que e quando você come. E você aí pensando que era o ronco do seu estômago que decidia isso...

O cérebro tem um papel essencial na regulação da sua homeostase energética que mantém tudo estável e permite seu corpo trabalhar como se deve o tempo todo. E lá tem uma regiãozinha pequenininha especial que se chama hipotálamo. Lá as três camadas que protegem seu cérebro tem uma barreira menos seletiva, digamos assim. Nesse lugar em específico, a barreira do seu cérebro deixa passar informações sobre seus estoques energéticos da periferia. Assim seu cérebro vai saber se tem glicose (que é o combustível preferido de todas as células) suficiente. Vai perceber a concentração de hormônios como insulina (que coloca a glicose pra dentro das células) e de leptina (liberada pelo tecido adiposo). Baixou as doses de insulina e leptina, seu cérebro vai entrar numa cascada metabólica mega complexa que vai culminar com você abrindo a geladeira pra ver o que te pra com...

Please reload

Por interesse
Por data
Please reload

Me segue ;)
  • YouTube Social  Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon

Estrasburgo - França

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2023 by Alison Knight. Proudly created with Wix.com