Blog

Carne, ferro, câncer?

May 28, 2018

 

“Oxxiiii endoidou de vez a muié”...

Pera, vou explicar!

O ferro heme, o ferro que nosso corpo entende, absorve e usa, tá na mioglobina e hemoglobina do músculo que é a parte comestível dos animais. A absorção desse ferro acontece na parte mais alta do intestino delgado. Se a pessoa come muita carne, esse excesso de ferro não é todo absorvido lá no começo do intestino e continua a vagar... se a pessoa não come fibras esse ferro vai ficar lá onde não deve por mais tempo. Então a mucosa do intestino grosso de comedores regulares de carne que não comem fibras pode ficar exposta ao ferro por períodos prolongados. Esse ferro tem efeito citotóxico, ou seja, é nocivo pras coitadas das células. Sua presença onde não deve leva à formação de radicais livres que se ligam no ferro e formam um bicho chamado fator heme citotóxico que toca o terror nos enterócitos! Leva a morte celular. Aí as células querem colocar outras células no lugar dessas que morreram. E o ferro heme/fator heme citotóxico continua lá... e estimula a hiperproliferação de células = hiperplasia e eventualmente câncer.

C pode até comer carne, mas pelamordasdeusas come umas verdurinhas!

Quem faz segunda sem carne põe o dedo aqui! Quem vai começar hoje põe o dedo aqui tb!

Beijo procê, COMA FIBRAS e boa semana!

COMA FIBRAS!

COMA FIBRAS!

Fonte: Gamage. The role of heme iron molecules derived from red and processed meat in the pathogenesis of colorectal carcinoma. Critical Reviews in Oncology (2018).

Please reload

Me segue ;)
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
Por interesse
Please reload

Por data

Estrasburgo - França

  • Instagram Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© 2023 by Alison Knight. Proudly created with Wix.com